Review: WandaVision Ep 08

Por onde começar?


Esse é o pensamento que tenho ao lembrar de tudo que aconteceu neste episódio. Mas não vou mudar minha forma de review, então vamos pela ordem!

O episódio começa em 1693, onde nós vemos uma Agatha mais jovem sendo conduzida por outras bruxas e presa, remetendo a história das Bruxas de Salem. Lá, ela é julgada e condena por buscar um conhecimento a cima de sua classe / idade / hierarquia no grupo. Quando as bruxas disparam seus raios azuis, Agatha começa a sofrer, para depois sobrepuja-las, convertendo o raio azul e roxo, sugando a força vital e a magia das outras bruxas. Quando ela se direge a lider, a chama de mãe e diz que ela pode ser boa. A lider a ataca e Agatha faz o mesmo, pegando o broche do cadaver da Bruxa.

Voltamos aos dias de hoje e de exatamente o outro episódio parou, e já adianto que, Monica e Pietro do lado de fora da casa de Agatha ficou para o episódio final, que vai ter muito o que explicar.


Voltando a catacumba de Agatha, vemos a bruxa confrontando Wanda sobre como ela criou o Hex, caindo assim por água a teoria que a própria Marvel nos deu no episódio 7, que era tudo a Agatha. Quando Wanda reafirma que não se lembra, Agatha volta ao papel de pseudo-vilã, falando que ela tinha os filhos de Wanda reféns.

A heroína (ou não) se prepara para atacar Agatha e.... Nada acontece! Sorrindo ironicamente, a vilã (ou não) demonstra runas mágicas sobre os pilares da catacumba formando um circulo, e pergunta a Wanda se ele não sabe que um encatamento básico desses só permite que seu criador se utilize de mágica dentro dele. Segunda teoria geral derrubada: Wanda não é mutante e nunca será no MCU! Mesmo o fato dos poderes dela terem sido criados a partir da Joia do Infinito da Mente ficou em cheque para os mais atentos.


Após subjulgar Wanda e fazer um pequeno discurso mostrando para nós que ela tentou durante o tempo todo descobrir sorrateiramente o que estava acontecendo. Inclusive citando o Fietro (Fake + Pietro) e nos confirmando que aquele não era o Pietro do MCU, mas não descartando outras duas hipóteses: ser um qualquer magicamente imbuído das memórias e poderes, ou o Pietro de outro universo mentalmente controlado por ela.


Assim, percebendo que Wanda realmente não sabia o que aconteceu, Agatha a força a começar uma jornada pela sua história. Começamos entendendo (e confirmando um teoria desde antes do começo da série) que a família Maximoff se utilizava das séries clássicas americanas para fugir de sua realidade violenta na Sokovia. Durante esse momento, uma explosão acontece e vemos o que foi falado em Era de Ultron.


A casa da família explode, ficando os gêmeos sob a cama encarando um morteiro piscando das insdústrias Stark, porém, percebemos que ele não explodiu devido a alteração das probalidades feita por Wanda, ao invés de ser uma falha do dispositivo. Nesse momento, confirmamos que Wanda sempre teve seus poderes.

A viagem pelo tempo continua, e vamos até os testes com a jóia da mente pela Hydra. Wanda entra na sala sendo monitorada pelos cientista e a Jóia reage a ela, flutuando e explodindo do casulo azul que estava no cetro de Loki. Ela ve em meio a uma energia amarela, a silhueta da Feiticeira Escarlate. O que não fica claro é se aquela é a Wanda no futuro, ou se é algum antepassado dela.

O que podemos descartar é que não é sua mãe, mas se fomos pensar nos quadrinhos, aquela não seria a mãe real de Wanda, já que em qualquer versão, quem morre são os Tios que se passavam por seus pais.


Voltando, Wanda desmaia e quando vemos os cientistas a socorrendo, percebemos que o cetro está intacto, então a reação a Joia foi simplesmente os poderes dela e do artefato reagindo. Isso é confirmado quando o cientista não observa nada nas filmagens.


Novo salto e vamos para a base dos Vingadores entre Era de Ultron e Guerra Civil. Uma Wanda de luto, assistindo a reprise de "Malcom in the Middle (A vida é injusta)", série dos anos 80, quando Visão se aproxima e a consola, usando incluse uma frase muito repetido na internet nesses últimos dias: " Mas o que é o luto, se não o amor que perdura?"


Nesse momento, vemos uma Wanda sorrindo e uma Agatha, a "vilã", atrás de Wanda secando as lágrimas. Outro salto e vemos Wanda entrando na S.W.O.R.D. para reaver o corpo do Visão, mas ao contrário do nos foi dito por Hayward, ela não invade o laboratório e o pega a força. Wanda solicita na "recepção" falar com a chefia, depois ela é liberada para entrar e se encontra com Hayward, que conversa com ela, sem tratamento o Visão apenas como um coisa.

Vemos o sintozóide desmontado remetendo as HQs, Wanda sim, explode o vidro e invade o laboratório, mas ela simplesmente se aproxima a cabeça do marido e coloca sua mão sobre onde era a jóia, como ele fez em Guerra Infinita.

Ao perceber que realmente nãp havia mais nada lá, ela vai embora, deixando o corpo do Visão na S.W.O.R.D.... Hayward, seu FDP!!! Além de demonstrar um enorme desprezo pelos super-humanos, tratar o Visão como uma coisa, ainda mentiu na cara dura! Quem leu meu review do episódio 4 já sabe minha opinião sobre ele.


Seguimos Wanda até Westview, onde ela chega em um terreno no meio na cidade, mas não sem antes nós vermos vários habitantes que nós conhecemos vivendo uma vida miserável (inclusive o tão falado carteiro, terceira teoria caindo por terra). Ela pega uma escritura e percebemos que ela e Visão, enquanto se escondiam entre Guerra Civil e Guerra Infinita, compraram o terreno para que pudessem viver junto.

Wanda entra no terreno vazio, pela porta onde estava desenhada a casa no chão e tem um colapso nervoso. Assim, a quarta teoria desaba: Wanda cria tudo do zero, ela cria sua casa, dá vida ao Visão e temos algo genial que a Marvel costuma fazer em seus trailers. A cena onde tudo muda do velho para o novo na verdade é o contrário. A onde de poder de Wanda vai transformando tudo em Westiview para o seriado dos anos 50. Sorri por ser enganado!

Voltamos a realidade com Agatha aplaudindo Wanda e entendo que sim, Wanda não sabia de nada por ter suprimindo suas memórias. A cena corta e estamos do lado de fora. Agatha com suas roupas clássica de bruxa dos quadrinhos, flutuando, segurando com magia Billy e Tommy pelo pescoço. Wanda ativa seus poderes e fala para ela libertar seus filhos... Agatha retruca como um sorriso irônico: ""Seu filhos?"

Nesse momento obersavamos que mesmo revivendo tudo, Wanda ainda não entendeu, ou quer entender, que tudo aqui é algo criado magicamente por ela. Temos então o momento que todos os fãs da Marvel e da Feiticeira Escarlate estavam esperando: "Isso é Magias do Caos Wanda... O que faz de você.... uma FEITICEIRA ESCARLATE!!!"

Depois dessa, achei que tinha o suficiente do episódio, esqueci de Monica e Pietro, do Livro, do porque o Visão demora tanto pra chegar na casa dele, ou da quantidade de coisas que a Marvel vai ter que fechar no último episódio com já confirmados 50 minutos (incluindo créditos).

Mas ai, temos uma nova cena pós créditos, onde somos apresentados ao "Projeto Catarata": O Visão branco!


Hayward afirma que já montou e desmontou o Vingador caído diversas vezes, que já tentou diversas fontes de energia (e se observamos a testa do visão, temos um mini reator arc no lugar da jóia), mas bastava o poder de Wanda. Observamos aquele drone que ela jogou aos pés dele, ainda envolto na agora denominada Magia do Caos.


Eles usam isso para ativá-lo! E agora temos mais uma ponta para o último episódio.

Depois deste episódio, tivemos resposta para várias coisas, a maioria dos comerciais confirmados e apresentados como memórias da Wanda (menos os dois últimos: Tubarão e Nexus), novos elementos e outros antigos ainda aguardando a serem explicados.


Que venha o último episódio!



P.S.: Eu também resolvi ter um pós créditos. Quando Paul Betanny disse que um ator que ele nunca contracenou apareceria no último da série como um personagem novo, será que é realmente alguém novo como tantos teorizavam ou será que apenas Paul Betanny Visão vs Paul Betanny Visão Branco?


Se for isso.... A Paul... Seu fanfarrão!!

Posts recentes

Ver tudo