Ué!!! Eu lembro de você, mas você não era bem assim!! (Parte 1)


Welcome True Believers!!! Hoje vamos começar a tratar de um assunto polêmico no meio dos fãs de HQs... As adaptações que alteram o gênero, etnia e orientação sexual dos personagens! Este post será mais uma introdução aos outros dois posts, que serão realizados ainda nesta semana.


Antes de mais nada, vamos deixar uma coisa bem clara:

O texto foi feito livre de preconceitos, ódio racial, machismo ou qualquer outra coisa que possam tentar destilar ódio nos comentários. É uma análise pura de como as editoras, showrunners e estúdios estão trabalhando de uma maneira muito discutível com os personagens, puramente para atingir metas e uma certa porcetagem da audiência.

Na última década, entramos com força total na fase do politicamente correto, um termo que vem sendo usado para caracterizar, de maneira negativa e positiva, um conceito de que é necessária a inclusão de todos aqueles que não tinham voz, ou que eram sempre ignorados, maltratados e subjulgados pela grande mídia.


A internet permite que várias pessoas se sintam seguras para destilar seu ódio, seja a favor, ou contra. Com isso, todos os estúdios, sejam de mídia impressa ou visual, se viram com a necessidade obrigatória de representar todos os tipos de tendências, e aqui, quando falo tendências, quero dizer cuturalmente, sexualmente e/ou outros assuntos em pauta hoje (moda, costumes, etc...).


Como fã dos personagens a quase 30 anos, costumo buscar aquilo que vejo nas HQs, mas também não sou do tipo que avacalha o ator e a produção antes de ver o produto final. Costumo me divertir com a área de comentários dos sites mais famosos de cultura nerd. Fico surpreso como existem pessoas sem noção, e com muito tempo livre, para ficar discutindo por horas com outras sobre caracterização dos personagens.


Não vou ficar em cima do muro, eu acho errado alterar caracteríscas físicas, gênero e orientação sexual dos personagens e o motivo é simples... Não é necessário!

No MCU, eu fui um dos que torceram o nariz principalmente para a MJ da Zendaya e o Flash Thompson do Tony Revoroli no momento do anúncio do elenco. Torci também, na DC, quando anunciaram o Ezra Miller como Barry Allen / Flash do DCU, já que além de não ter as características físicas do personagem, ainda tem o fato de que gosto do Flash do Grant Gustin da série do Arrowverse. Ah, lembrei também que não curti a Candice Patton como Iris West desse mesmo seriado. Alguns se mostraram excelentes, outros, mesmo não sendo culpa dos atores, me decepcionaram.


Achei também um absurdo transformarem o Homem de Gelo em homossexual nas HQS e trocarem a etnia do Wally West nos quadrinhos. (Achei pior ainda o forma como colocaram de volta a sua versão original, com as duas co-existindo no mesmo universo, mas deixa isso para outro post). Sempre achei escroto também colocarem americanos em papeis de orientais nos filmes e séries.


Fiquem livre do ódio em seu coraçãozinho que irei explicar minha opinião em outras duas postagem. Vamos falar das duas maiores editoras e polarizadoras de filmes / séries de heróis... Marvel e DC. Fiquem ligados!

8 visualizações

cecathionline.com