Please reload

Posts Recentes

Guerra Mundial: Com a Palavra... O Campeão!!!

December 23, 2015

Fala ae!

 

Cidade de Santos, domingo e calor, mas a praia para quem gosta de BS é outra. E se for organizado pela CECATHI melhor ainda.

 

Chamaram a Guerra Mundial Marvel, e ela chegou!

 

O primeiro campeonato oficial Copag após o Battle Royal aconteceu no QG da CECATHI no último dia 20/12. E dessa vez como proposto, rolou um novo formato que aqui chamamos de Tribal Copag. Isso, pois permitia o uso de 01 Card de outras afiliações, diferentemente do Tribal mais comum que não permite Cards de outras afiliações.

 

Definido o formato vamos às afiliações que tentaram vencer a Guerra. Ainda com a força dos personagens que entram fora da fase de preparação, já era esperada maioria de Vingadores. Foram 05 decks de Vingadores, 02 de X-Men, 02 de Mestres do Terror, 02 de Guardiões da Galáxia, 01 de Irmandade de Mutantes, 01 de Sentinela e 01 Sexteto Sinistro.

 

Como sempre tenho preferência por jogar com Vilões, quando aparece um formato diferente, aproveito para mudar um pouco. Portanto, optei por ir de Guardiões com alguns reforços, especialmente do Treinador (acho um dos melhores personagens do jogo).

 

Minha estratégia era simples. Trocar danos com o oponente aguardando ele descer os 15 pontos necessários para a vitória. Quando isso acontecia tentava finalizar a partida usando o Fogo Cruzado.

 Vamos ao resumo das partidas:

 

1ª partida x Andrew Piemonte (Guardiões da Galáxia)

O torneio começou logo com um mirror. Com a sorte ao meu lado, abri o jogo com a dupla Senhor das Estrelas e Águia investigando. Enquanto meu oponente esperava juntar recursos, fui povoando a mesa ao máximo para reduzir as chances dele vir ao jogo. Por fim, ainda teve ajuda da Gata Negra tirando a Serpente da Lua (uma das poucas opções que restavam), e o jogo acabou por overdeck após alguns turnos.

 

2ª partida x Nathan Couto (Vingadores)

Nathan foi Top 16 no Royal e sabia que seria um jogo apertado. Investigações de todo lado, mais algumas antecipações, achei que estava tranquilo para finalizar no meu turno o solitário Falcão com 2 de vida. Todavia, surgiram Formiga e Jaqueta impedindo tudo que eu havia planejado. Na sequência o Nathan trouxe o resto dos "Vingadores": Lince, Lockheed, Homem de Gelo... (realmente esse Tribal Copag engana muito). Pronto, estava armada a mesa padrão do Nathan com 1001 antecipações. Ai o outro lado de ter muitos personagens apareceu. Havia mais de 15 pontos na mesa. Então desço a trinca: Nave, Portal e Fogo Cruzado garantindo a vitória.

Obs: o Nathan ainda tentou um Invocar Relâmpago no turno em que desceu mais de 15 pontos. Felizmente eu não tinha cenários na mão, apenas o mais novo "Guardião da Galáxia" - Mystério (da-lhe Copag !!!).

 

3ª partida x Tiago Coelho (Vingadores)

O que falar agora. Dessa vez o jogo era contra um amigo de longa data. Mais de 20 anos jogando card game, desde que o mesmo Tiago me apresentou o Spellfire em 94!!!

Segundo deck de Vingadores do dia, e, portanto, mais Formiga para a coleção. Iniciei tentando investigar, mas...... fui impedido novamente. Na volta dele, Incursão + Cubo + ação do Formiga levaram o Senhor das Estrelas. Mesmo tendo certeza que ele tinha Retirada (raramente ele deixaria o Formiga morrendo pelo Cubo), preferi não vingar a morte do Senhor e aguardei. Como eu previa ele deu retirada no Formiga e passou. E eu continuei gerando recursos. Depois ele tentou me atrair para o jogo descendo a Feiticeira, mas eu não caí na estratégia e segui firme esperando a hora certa. Quando fui para o jogo, levei a Feiticeira e enchi a mesa. Após ter os recursos, os vingadores deram as caras com a Joia do Tempo. Usei a Câmara, anulei a Joia do Tempo, e mandei diversos danos na preparação, finalizando o jogo com Fogo Cruzado + Chuva de Raios + Senhor das Estrelas. 

 

4ª partida x Marcos Lapa (Vingadores)

Mais uma "final" contra o Marcos. No torneiro do promo Madrox, também organizado pela CECATHI, já havíamos nos encontrado na decisão. Dessa vez eram os Avante Vingadores, o que me preocupava devido à ação do novo Capitão. Sem o Senhor das Estrelas, Águia, Manto e jogando em segundo não tive opção, fui para o plano B. Deixei as cartas irem para o recurso enquanto voltava as mais importantes para a base assim que caiam os resgates. O Marcos foi montando a mesa com Formiga, Capitão, Homem Aranha, Vampira e Vespa, mas colocou 15 pontos na mesa e esperou um pouco mais do que devia para baixar a máquina de bloqueio mental. Então faltando poucas cartas no meu deck, tinha chegado a hora. Primeiro, precisava tirar o Capitão da mesa, pois ele iria acabar com as chances de manter o Fogo Cruzado em jogo. A Nave + Águia + Cubo + investigada do Rockett (que já havia buscado o Treinador e a Gamora com os planos de infiltração) foram suficiente. Ai foi usar os resgates / itens mágicos e investigar com quem podia até vir o Portal, começar o alvejar com o Treinador, Fogo Cruzado e finalizar com Concentrar + Chuva de Raios. Se precisasse ainda tinha Gamora + Entrada + Técnica Tribal.

 

Lembrando também das Granadas para quem precisasse se "defender".

 

No final das contas ganhou a camisa de Ataque a Distância um deck totalmente baseado no Fogo Cruzado! Muito justo! kkkkk

 

Como sempre os eventos na CECATHI não decepcionam. Muita risada, competição e diversão!!! Parabéns pela organização de sempre

 

#aguardandoopróximo

Please reload

Please reload