Please reload

Posts Recentes

Spoilers BSAQ - ASGARDIANOS - Dia 01

July 1, 2016

Welcome True Believers!

 

Com vocês a revisão do 1º dia de Spoilers da nova coleção Battle Scenes Ascensão e Queda!

 

Convidamos nosso player Luis Guilherme para fazer as revisões do primeiro lote de cards voltados para os Asgardianos! Vamos ver o que ele achou?

 

BIFROST: Começamos a sessão de spoiler com o suporte Raro. Como a maioria dos suportes de afiliação desse tipo é um pouco pesado (5/2), mas compensa. Entra tutora um personagem e previne todo dano de preparação, tanto de ação quanto de efeito (não é um Dr. Estranho, mas tá ótimo). Além disso, te permite carregar (regenerar) qualquer carta nos Asgardianos. Liberando recurso do suporte (imagino que isso será necessário devido o tamanho dos personagens) e servindo de alternativa ou complemento ao já utilizado reestruturação com cubo.  NOTA: 3/5.


 

FANDRAL – O GALANTE: Junto com o Pantera V2, Gamora e Barão, esse é mais um que entra para o Hall dos (4/2) com Agilidade e Lâminas. Tá bom, eu forcei a barra né?! Mas antes de OS essa era minha combinação preferida, embora, não tão competitiva sozinha. Vamos ao personagem em si. Comum, o mais leve dos Guerreiros e até agora único sem Super Força, deve só ficar ali na defesa brincando de Dança de Lâminas com ajuda do BIFROST e com Invasores Sangrentos, pois para essa afiliação em específico, Cólera vai jogar muito mais que Entrada Triunfal. NOTA: 1,5/5.

 

 

HOGUN – O SEVERO: Ae, após o lançamento das novas nomenclaturas eis que chega o primeiro personagem com a Prontidão no texto. Personagem (5/2), comum, com Super Força e Lâminas e ímpeto. Esses Guerreiros estão parecendo mais uma versão melhorada da Gangue da Demolição. Por enquanto vai ser no mínimo engraçado de jogar com eles. NOTA: 2/5.

 

 

VOLSTAGG – O VOLUMOSO: Mais um Guerreiro comum com Super Força e Lâminas, mas sem ímpeto. Personagem pesado (6/2) que pode ficar (6/3) pelo texto fixo e com uma ação de múltiplos alvos com custo X. Como não dá escudo para outro Guerreiro achei o pior deles. NOTA: 1/5.

 

 

REUNIÃO DE GUERREIROS: Mais um tutor só que agora específico para Os Três Guerreiros e não Asgardianos. Ótimo cenário e essencial para um deck 100% tribal. Porém, como são personagens pesados é possível fazer um deck (sem ser Tribal) que misture personagens mais leves com genialidade e dessa forma usar Planos de Infiltração. Até o momento as melhores escolhas seriam Jaqueta e Cassandra, que por sinal já são utilizados em quase todos os decks competitivos. NOTA: 2/5.

 

 

KARNILLA: Mais um vilão Asgardianos com Telepatia e Magia, como Encantador (OS) e Hela (GC). Carta Comum e (5/2), tem em seu texto fixo o efeito da Invasão Secreta, mas que precisa descarrega-la, além de ter que esperar um turno. Portanto a única parte razoável fica por conta da ação com Clarividência 2 que da 3 de ano em qualquer alvo ou 4 se o alvo for Asgardianos. Acho muito difícil ver jogo até em deck pauper de Magia. NOTA: 0,5/5.

 

 

LORELEI: Agora sim alguma coisa mais usável. Personagem Comum e (4/2), com Magia e Telepatia e ainda tem um texto fixo que pode fazer a permanência dela em cena aumentar. Infelizmente, sua ação é imprevista, mas não de Magia. NOTA: 2/5.

 

 

HUGIN: Personagem para abrir o jogo e ficar investigando até morrer. Com o tamanho dos Asgardianos dificilmente seria a melhor opção usar sua ação. Personagem que só vai ser usado em deck Tribal mesmo. NOTA: 0,5/5.

 

 

MUNIN: Novamente repito “agora sim alguma coisa mais usável”. Além de seguir sendo utilizado para as investigações e aceleração do deck (mesmo sabendo da dificuldade de sua permanência em cena), uma ação que busca um personagem nos recursos, em uma época sem resgate, já é muito melhor. Ainda sim é pouco para acelerar a afiliação.  NOTA: 1/5.

 

 

ODIN: Como diria o outro, “saiu da jaula o monstro”. Um dos personagens mais pedidos pelos jogadores foi lançado como ULTRA. Mas para o azar da Copag, deve ter mais reclamações do que elogios. Só por ser um personagem (6/4) com todos esses poderes, incluindo Lâminas (mais uma vez cito o fortíssimo Planos de Infiltração), já acho a carta boa. Mas ai vem uma contradição. Ele possui Ataque Energético o que é ótimo e ruim ao mesmo tempo. Se pensar em um deck com o Thor é irado, mas se pensar nos Guerreiros usando Cólera é péssimo. Sua ação poderia facilmente dar 4 de dano, pois é o Velho né?!? Mas preferiram reduzir para 3 e deixá-lo voltado para o Tribal. Mas não acabou... Temos o texto fixo, que tenta dar certa rapidez aos Asgardianos. Será que vai ou não? Não vejo a hora de jogar com ele. NOTA: 3,5/5.

 

 

Depois dessa revisão do LG... Você concorda ou discorda??? 

 

Deixe seu comentário!

 

Abraços a todos!!!

 

Please reload

Please reload