Please reload

Posts Recentes

Falando de BSFE - Tropa Nova

June 11, 2017

Fala Pessoas!!!

 

Já faz algum tempo que queria fazer esse tipo de review! Mostrando a importância (ou falta dela) de um personagem para o Universo Marvel em relação ao que ele representa para o Battle Scenes.

 

Farei até 2 reviews desses por semana, até que fiquemos sem opções ou até que a nova coleção apareça!!! (rsssss)

 

Vou começar esses reviews com a afiliação mais esperada por mim deste coleção.... A Tropa Nova!!!

 

Sua primeira aparição foi em Fantástic Four 204 (e 205), e ela é basicamente a policia intergaláctica da Marvel Comics (sim, a idéia é basicamente igual a Tropa dos Lanternas Verdes da concorrente, DC Comics).

 

Ela foi basicamente criada para defender Xandar e sua galáxia, Andrômeda, mas se alastrou pelo Universo, chegando até a Terra.

A Tropa Nova possui 4 níveis hierárquicos: Recrutas, Milenares, Denários e Centuriões.

 

Todos aqueles que recebem o uniforme e o capacete, recebem também a ligação com a Força Cósmica conhecida como Força Nova e possuem um kit de poderes básicos: Super-Froça, Velocidade e Durabilidade, além de poder voar em velocidade Super Sônica!

 

Podem também gerar, manipular e projetar Energia Nova através de Raio de concussão ou feixes de energia bruta, assim como se Regenerar mais rapidamente.

Se esse kit não fosse suficiente, eles ainda são capazes de acessar a Mentel Global Xandariana, que consiste em vários "computadores vivos" que tem todo o conhecimento que os habitantes de Xandar e todos os integrantes da Tropa Nova possui e adquire ao longo de suas vidas.

 

A Mente Global Xandariana é uma Mente Coletiva e é usada pela tropa para comunicação, mapeamento e pesquisa. Ela ainda é Mentora e Conselheira do Governo de Xandar e da liderança da Tropa.

 

Vamos falar do Terráqueo mais famoso:

Richard Ryder ganhou seus poderes diretamente de um Centurião que veio ao planeta Terra investigar uma entendidade que seria a responsável pela destruição da Tropa e de Xandar (sim, isso ocorreu vááááááárias vezes já). Quando estava a beira da Morte, o Centuirão Xandariano Rhomann Dey transferiu seus poderes ao Richard, que já começou na Tropa como Centurião!

Mais tarde, ele foi convocado pelo novo governo de Xandar e acabou se tornando um dos Novas mais respeitados, chegando ao posto de Centurião Lider.

 

Richard se tornou o Nova Primordial. Isso aconteceu quando Xandar e a Tropa são destruídos pela 9.823.832.234 vez em sua história, durante a Saga Aniquilação, e a Mente Global se refugia em seu último guardião, o "nosso" Nova. Dessa forma, ele se tornar o Nova Primordial, carregando em si a Mente Global Xandariana e o poder completo da Força Nova, com a responsabilidade de refazer a Tropa do zero.

Falando ainda da Tropa Nova, existem ainda os Super Novas. No início, eram considerados por todos fora de Xandar como o time de elite, os batedores da Tropa, até serem desmascarados durante um encontro entre um grupo liderado pelo "Novão" RIchard Ryder.

 

Nesse momento, foi revelado que eles eram na verdade Novas renegados, saqueadores e assassinos que conseguiam acessar 100% da Força Nova devido aos "desbloqueios de nível" em seus capacetes.

 

O diferencial desta tropa está justamente nos capacetes, enquanto a Tropa Nova tem elmos dourados, os Super Novas tem elmos pretos. Jesse Alexander, pai do novo Nova Sam Alexander era um desses renegados. Sem saber disso, Sam colocou o capacete do pai e foi tentar encontrá-lo pelo espaço (e depois que encontrou, perdeu de novo!!! rssss).

 

No Battle Scenes:
O primeiro integrante da Tropa a aparecer no jogo foi justamente o "Novinha", Sam Alexander, como ficou conhecido entre os players, que saiu em Invasão Cósmica.

 

Era um card barato e interessante para quem queria jogar com Cósmico e Voo, podem ficar até 3 / 2 (Vida / Escudo) graças ao seu texto.

 

Na coleção seguinte, Iniciativa Vingadores, tivemos o esquecível Batedor Nova, com uma configuração que poderia se tornar 4 / 2, também graças ao seu texto. Sendo o primeiro Nova com pelotão.

 

Em Ofensiva Surpresa, eis que surge o "Novão", Richard Ryder, com seu texto que poderia deixa-lo 4 / 4 e o terror, na epóca, para decks sem dano penetrante, que se valiam danos regulares ou de efeitos.

Em Guerra Civil, tivemos novamente o Sam novamente, mas com uma configuração 4 / 1 e com um texto interessante, mas que pecava em depender de outros dois novas em cena. Em uma situação que um desses novas seria um Batedor, o card nem sequer foi considerado, se tornando item para pasta.

 

Nada saiu em Ascensão e Queda, mas em Despertar Sombrio saiu, algo mais esquecível que os Batedores, o Nova Felino, um King Kong 6/ 2 que poderia virar 6 / 3, mas que nada acrescentou.

 

Honestamente, estava desistindo em considerar um deck Cósmico quando a Copag (sua linda) finalmente anunciou o nome da nova coleção: FORÇAS ESTELARES... Não era possível não vir algo para os Novas... Quando começaram os Spoilers, além de aparecerem todos os níves dos Novas, ainda apareceu o "Homão da Porra", Richard Ryder como Nova Primordial!
 

Agora sim, temos um deck jogável, com uma mecânica muito boa, que faz com que os Desastres Metafísicos e as Refrações estejam sempre rodando e presente nos jogos, um recurso sempre alimentados pelos Centuriões e Denarianos... Uma mão sempre cheia com os Milenianos, o Suporte Mente Xandariada e o Cenário Batedor (sim teve Suporte e Cenários... Uhuuullll ), além dele, o cara que lidera, resgata nova do recurso,  aprimora e usa Desastres e Surpresas Doloras da vida, o Primordial!

 

Deixem essa tropa agir na Preparação ou na Antecipação... E será desespero na certa, ainda mais se as Habilidades Surpresas ou as Refrações estiverem presentes!!!

O próximo texto será deles, liderados surpreendentemente pelo Demolidor, o TENTÁCULO!!!

Ou será que serão os Krees??? Santa dúvida Batman!!!

O que acharam do texto? Já experimentaram esse deck??? Qual dos dois decks a cima preferem saber mais sobre?

Abraços a todos!!!

Please reload

Please reload