Please reload

Posts Recentes

Rotação: Falta de Planejamento ou Visão?

September 11, 2017

Fala Pessoas!!!

 

Hoje não vim falar de decks, histórico dos personagens ou temáticas possíveis... Vim falar sobre a rotação!!

 

Sinceramente, estou desapontado com a Copag que, logo após acertar imensamente com a Coleção Forças Estelares, dá um tiro no pé com a Coleção Confronto Aracnídeo somada a Rotação.

 

E antes de mais nada, entendam, eu sou fã até hoje do Amigão da Vizinhança, foi ele que fez com que eu começasse a ler, colecionar e participar de coisas voltadas a quadrinhos.... Expondo isso, vamos lá.

 

A nova coleção veio com uma proposta... Ter Homem-Aranha por todos os lados, com mecânicas que teoricamente, suplantariam a ausência das quatros coleções rotacionadas (MI, IC, IV e OS), mas principalmente, o que tivemos em Iniciativa Vingadores e Ofensiva Surpresa.

 

Porém, o que vimos são 3 novas afiliações, Aliados do Homem-Aranha (muito zoado essa nomenclatura, teria que ser algo como "Guerreiros da Teia" ou "Aranha-Verso", seguindo as HQs), Sexteto Sinistro e Simbiontes, que em uma primeira olhada, seria o novo Tentáculo do jogo. 

 

Os cards que vieram fora dessas 3 foram Krees, Ordem Negra (que não faz jus a Máxima) e Thunderbolts.

 

Olhando nesse ponto, sem a Rotação, teríamos ainda o Tentáculo, Kree, Novas, Hidra, Lâminas e Genialidade, Illuminati , No Lugar Errado, Titã, Magia e os recém revividos Ultrons de volta ao jogo, com Aliados do Homem-Aranha, Simbiontes e Sexteto Sinistro se equiparando aos decks Tier 0 e 1 do meta atual.

Mas bem, ai vem a nossa querida rotação das 4 coleções citadas, o que acontece?

 

Cada deck anterior é enfraquecido ou extinto, perdendo:

Tentátulo (pouco enfraquecido):

Ataque: Ventos de Watoomb

Defesa: Lâminas Encantadas

Velocidade: Convocar Reforços

 

Kree (enfraquecido):

Ataque: Toque de Antimatéria

Defesa: Fogo Cruzado e Ignorar Fracotes na Defesa. 

Velocidade: Convocar Reforços.

 

Nova (muito enfraquecido):

Ataque: Toque Antimatéria, Estrela Cadente, Refração e Capitão Universo.

Compra: Cidade Fantasma.

Defesa: Nova (Richard Rider).

Velocidade: Invasão Cósmica.

 

Hidra (capengando):

Ataque: Bob (Deadpool não gostou disso)

Compra: Barão Strucker

Defesa: Multiplicação de DNA

Velocidade: Planos de Infiltração

 

Lâminas e Genialidade (morto):

Compra: Barão Strucker e Barão Zemo

Velocidade: Planos de Infiltração e Convocar Reforços

 

Illuminati (enfraquecido):

Ataque: Caça Hulk e Amadeus Cho (vulgo Homem-Bomba rsss)

Compra: Amadeus Cho
Velocidade: Planos de Infiltração e Convocar Reforços

 

No Lugar Errado (morto):

Ataque: Capitão Louco, Adaga Psíquica e Ventos de Watoomb

Estrutura: Shuma Gorath

Defesa: No Lugar Errado

Velocidade: Convocar Reforços

 

Titã (capengando):

Ataque: Adaga Psíquica e Ventos de Watoomb

Estrutura: Apocalipse e Shuma Gorath

Velocidade: Convocar Reforços

 

Magia (enfraquecido):

Ataque: Ventos de Watoomb

 

Ultrons (trolados):

Defesa: Ignorar Fracotes

Estrutura: Ultron-1, Ultron-6, Ultron 61k

 

 

Ainda temos cards como Esperança, Jaqueta, Formiga, Câmara Neutralizadora, Singularidade Temporal (nessa o Tentáculo e o novo Simbiontes aplaudiram de pé), Alvejar Comparsas, que são parte integrante de vários destes decks que se perderam, além da forte defensora de ações na preparação e impeto, a Joia do Tempo.

 

Mesmo decks não citados a cima, como Vingadores, Thunderbolts e IMA,  sofreram baixas consideráveis, que influenciam totalmente sua mecânica, jogabilidade e, a cima de tudo, sua diversão em serem utilizados.

 

Ou seja, ao invés de termos 10 decks jogáveis entre Tier 0, 1 e 2, teremos novamente 2 ou 3 decks apenas, ou acham que Nova e Kree se seguram entre os tops sem seus cards citados e, especialmente o Kree, com o novo Desmaterializar?

 

E o Tentáculo está mais forte sem Singularidade Temporal?

Imaginem um deck que usa busca como um de seus principais aceleradores, tomar Madame Teia ou um Cenário, impedindo de ir buscar coisas no deck sem o custo do adversário perder os 2 pontos do Taumaturgo.

 

Ocorreu um excesso de Homens-Aranha e personagens periféricos voltados ao Aracnídeo. Faltou mais 1 ou 2 afiliações nessa coleção, ou pelo menos, reforços consideráveis para os decks que já estavam rodando. 

 

Vocês sabem o que achei que a Copag havia aprendido em Forças Estelares?

"Vou fazer decks novos bons e fortalecer o que já temos, assim o jogo fica DIVERSIFICADO e mais divertido de se jogar". Veio a coleção, Nova era a novidade... Krees, Tentáculo e Guardiões vieram extremamente reforçados... HYDRA se juntou ao Deadpool em duas vertentes. 

 

Fui no Battle Royal deste ano, e mesmo existindo uma maioria de Decks de Tentáculos (Fortes e Baratos), tínhamos Novas, Krees, Mágia e todos os decks destacados a cima (fora Ultron). No Top 8, tivemos uma variação grande de decks e, até  mesmo, o câncer do Dano Infinito (sobre isso já temos outro jogador escrevendo sobre, então não vou me aprofundar). 

 

Dos cerca de 600 cards rotacionados (com os decks), são por volta de 30 cards que basicamente irão fazer uma grande diferença no Meta.

 

Desses cards, quantos não são cards promos? E vários desses promos, recentes.

Posso listar facilmente 5 cards promos, para não chutar uns 10, que foram entregues nos últimos 3 meses em campeonatos oficiais que foram rotacionados. O Mago vai ser entregue no próximo campeonato e já foi rotacionado!!! A Promo do Royal, Ultron, foi desbanido e rotacionado no mesmo dia.

 

Poderia ter ocorrido a rotação das duas coleções mais antigas (MI e IC), com o Reprint de seus cards mais utilizados na coleção ou nos novos decks. Afinal das contas, ainda é usado muita coisa de IV e OS. Afinal, a rotação é sempre benéfica para os card games, quando planejada corretamente. 

 

Um alívio aconteceria caso a Copag liberasse os Promos a serem considerados como Reprints. Com promos valendo, vários cards banidos estariam de volta, mantendo alguns decks jogáveis... Afinal, qual é a graça de ter Promos lindas na pasta e não poder utilizá-los? E as 2 do Royal, que ficarão na pasta até Deus sabe quando???

 

Poderia ser ainda um pouco pior, se não fosse Incursão Surpreendente e Fúria Descontrolada estarem presentes nos novos decks (nesse ponto, os decks, ocorreu um acerto grande da Copag).

 

Infelizmente, estou cada vez mais achando que eu estava errado sobre o que escrevi no post de Forças Estelares, e que a Copag, ao invés de planejamento, deu apenas sorte na composição última Coleção.

 

E vocês? O que acharam dessa rotação? Acharam necessária para o jogo?

 

Vlws! (link com cards rotacionados na imagem abaixo)

 

Please reload

Please reload